Cidades

Lucélia recebe R$ 322 mil em rateio da cessão onerosa do Pré-Sal

Governo Federal repassa R$ 7,7 bilhões do pré-sal para todos os estados e municípios.

Por: Siga Mais atualizado: 26 de maio de 2022 | 10h33
Leilão dos excedentes da cessão onerosa dos campos de Sépia e Atapu, no Pré-Sal, foi realizado em dezembro passado  (Foto: André Ribeiro / Agência Petrobras). Leilão dos excedentes da cessão onerosa dos campos de Sépia e Atapu, no Pré-Sal, foi realizado em dezembro passado (Foto: André Ribeiro / Agência Petrobras).

O Governo Federal iniciou nesta sexta-feira (20) o repasse de R$ 7,7 bilhões para estados e municípios. O valor é relativo à arrecadação dos bônus de assinatura do leilão dos excedentes da cessão onerosa dos campos de Sépia e Atapu, no Pré-Sal.

Conforme apurou o SIGA MAIS, dentro do rateio com estados e municípios, Lucélia vai receber neste mês de maio o montante de R$ 322.112,84. Para as 30 cidades que compõem a região da Associação dos Municípios da Nova Alta Paulista (AMNAP) são R$ 7.325.640,60. Veja o quanto cada cidade da região vai receber:

(Fonte: Ministério de Minas e Energia).

O leilão, realizado em dezembro do ano passado pela Agência Nacional de Pétróleo (ANP), para exploração de petróleo e gás natural, rendeu bônus de assinatura total de R$ 11,1 bilhões e os investimentos previstos são de cerca de R$ 204 bilhões.

O total que será distribuído aos estados, DF e municípios é de R$ 7.676.200.000,00. Os pagamentos foram programados para ocorrer em duas etapas, sendo a primeira delas ocorrida ontem e a segunda etapa na próxima terça-feira (24), realizadas pelo Banco do Brasil.

Acesse aqui os repasses para cada estado e município em 2022.

R$ 20 bilhões

Esse foi o 2º maior leilão de petróleo e gás do mundo. Cabe destacar que o maior leilão do mundo também foi realizado durante a atual gestão, em 2019 (campos de Búzios e Itapu). Com os dois leilões, o Governo Federal repassou, de forma inédita e voluntária, cerca de R$ 20 bilhões.

Os oito leilões de petróleo e gás natural realizados desde 2019 garantem investimentos de mais de R$ 800 bilhões, com expectativa de criação de mais de 500 mil empregos.

“Os recursos serão repassados aos 26 estados, ao Distrito Federal e a todos os 5.569 municípios do Brasil e poderão ser investidos na educação, saúde e obras de infraestrutura. Esse repasse foi possível graças à atração de capitais privados realizada pelo Governo Federal por meio dos nossos leilões. Os recursos serão revertidos diretamente para o bem-estar da nossa população”, afirma o ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida.

Publicidade

Instagram