Cidades

Imagens de drone revelam dimensão dos danos no telhado da Igreja Matriz; missas estão mantidas

Parte do telha do da Igreja Matriz da Sagrada Família, em Lucélia, foi levada pelo vendaval.

Por: Da Redação atualizado: 17 de outubro de 2022 | 09h12
(Imagem de drone: Marcelo Braguini Ferreira). (Imagem de drone: Marcelo Braguini Ferreira).

Uma imagem de drone publicada no perfil do padre Adriano dos Santos Andrade, como também na fanpage da Paróquia Sagrada Família, de Lucélia, mostra a dimensão dos estragos causados pelo temporal da tarde desta quinta-feira (6). A imagem foi produzida por Marcelo Braguini Ferreira.

A publicação nas redes sociais traz uma mensagem do pároco, onde detalha os danos materiais das instalações religiosas, diz que a comunidade está empenhada em buscar soluções para o problema decorrente do temporal e pede a oração dos fiéis. Veja a publicação:

“Estimados irmãos e irmãs!

Na tarde de ontem, dia 06/10, por volta das 16h15, ventos fortes acompanhados por uma chuva torrencial atingiram novamente a Igreja Matriz. Destaco que foi uma outra parte danificada do telhado, acima do presbitério, afetando também o madeiramento, calhas e a rede elétrica externa.

Friso que o incidente não deixou nenhuma pessoa ferida, pois no momento em que este fato ocorreu não havia ninguém nas proximidades externas do edifício.

Nossa comunidade está empenhada, buscando solucionar os problemas ocasionados por essa tempestade.

É importante lembrar que, apesar do dano material ocorrido em nosso templo, os fiéis devem permanecer unidos na oração e na solidariedade.

Que os alicerces sólidos da nossa fé não nos deixem abalar, mas nos dê sempre forças para recomeçar. 

Que o Senhor, rico em amor e bondade, derrame sobre todos nós as Suas bênçãos e aumente em nós a fé e o amor por Sua Igreja.

Com a minha bênção e gratidão a todos que nos ajudam nesta hora,

Pe. Adriano Andrade”.

Perguntado pela reportagem sobre as missas, no local, o religioso disse que as celebrações, aos finais de semana, estão mantidas.

Defesa Civil deve decretar situação de emergência

A Defesa Civil de Lucélia deve decretar situação de emergência. A medida foi informada na manhã desta sexta-feira (7) pelo coordenador municipal de defesa civil, Fonteine Bastos, que também é secretário municipal de meio ambiente de Lucélia.

(Imagem de drone: Marcelo Braguini Ferreira).

Os estragos contabilizados pela defesa civil municipal envolvem o destelhamento parcial da cobertura da Igreja Matriz, como também danos na cobertura de empresas, repartições públicas – como a biblioteca municipal e a unidade básica de saúde da Vila Caires – e de imóveis residenciais. Cerca de 20 residências foram afetadas com algum estrago, inclusive com destelhamento total, e cerca de 15 árvores de grande porte foram derrubadas. 

Ainda no entorno da Igreja Matriz, parte da estrutura do telhado atingiu imóveis e veículos estacionados pelo local. Um trailer de lanche tombou. 

De novo

No dia 12 de janeiro de 2020 um temporal destruiu parte do telhado da mesma Igreja Matriz da Sagrada Família, em Lucélia. Na ocasião, as fortes chuvas acompanhadas de vento fizeram com que as telhas fossem arremessadas na rede de energia elétrica, no entorno da Igreja, levando à interrupção no fornecimento de energia em parte da cidade. 

Publicidade

Instagram